Olhos, cabeça e coração atentos...
Background Illustrations provided by: http://edison.rutgers.edu/

Qualquer dia desses, dou um pé na bunda da vida, essa bandida. Saio por aí, sem rumo, sem dar importância ao que ela quer de mim. Ou talvez ela me pegue primeiro, me arraste para o topo do mundo e, serena e traiçoeira, me jogue em um abismo escuro e profundo, o abismo de mim mesma, de minhas próprias artimanhas, de meu próprio caos.